Panquecas inglesas

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Escrito por Bruno


Sim, eu sei, basta olhar para a fotografia para ver que isto não são panquecas, são crepes. Mas aqui em Inglaterra, as panquecas são geralmente assim, fininhas, e não grossas (que aqui se chamam "panquecas americanas"). Para dizer a verdade, gosto mais destas. Provavelmente porque me trazem uma recordação muito precisa da minha infância: os livros do Petzi.

O Petzi era um urso que no primeiro livro encontrava uma velha roda de leme e resolvia construir um barco. Depois passava o resto dos livros em aventuras no barco com os seus amigos - o Pingu, o Ricky, o Almirante - até se cansar e voltar a casa, onde, invariavelmente, a sua mãe esperava por ele com uma torre de crepes acabados de fazer. O Petzi punha-lhes mel e comia-os enrolados - eu gosto de pôr várias coisas. Mel é uma hipótese, mas também pode ser Nutella com framboesas e morangos, ou doces de fruta, ou o que apetecer na altura. A tradição inglesa é usar limão e açúcar, que também não fica nada mal.

Terça-Feira Gorda é conhecida por aqui como o "Pancake Day" - véspera do jejum da Quaresma, portanto o último dia para comer certas comidas à base de ovos, gorduras e outros. No entanto, claro, as panquecas comem-se durante todo o ano. Aqui em casa já se tornaram tradição de fim-de-semana. São simples de fazer, a receita é fácil de memorizar (chamo-lhe a receita "1-2-3": 100 de farinha, 2 ovos, 300 de leite) e toda a casa gosta.



Panquecas inglesas

Ingredientes ( cerca de 6 panquecas, dependendo do tamanho das mesmas )
  • 100g de farinha
  • 2 ovos
  • 300ml de leite
  • canela (opcional)
  • óleo

  • Deitem a farinha num recipiente, juntem-lhe os ovos, o leite, e a canela (a gosto). Batam com uma vara de arames até estar bem ligado. A massa vai ficar bastante líquida, mas é mesmo assim.

  • Entretanto aqueçam uma frigideira no fogão. Quando estiver bem quente deitem-lhe um fio de óleo e, com a ajuda de um pouco de papel de cozinha, espalhem bem o óleo por toda a superfície da frigideira. Deitem uma concha de massa e, inclinando a frigideira, espalhem a massa até cobri-la toda. Deixem ferver até estar seca à superfície (é bastante rápido). Com a ajuda de uma espátula, virem a panqueca e deixem cozinhar brevemente do lado oposto. Retirem para um prato e repitam com mais uma colher de massa.

  • Se virem que é necessário, deitem mais um pouco de óleo entre panquecas. Não é preciso muito, mas ajuda a massa a não pegar.

  • Ah - geralmente a primeira panqueca nunca sai bem (pelo menos a mim!), mas as outras rapidamente entram nos eixos.

Sem comentários

Enviar um comentário